As minhas raízes que brotam das pedras que me viram crescer
Sábado, 10 de Junho de 2006
BIG

Televisão Brother Big - a profana,

meteu-se em minha casa a rezar

pias mentiras - setenta vezes sete,

missa est seis dias por semana,

que o domingo já é da Internet(e)

e o Ministro em bago da triste figura,

por um soldo a mandar-me trabalhar!

 

O domingo, em manta de retalhos,

ficou cheio de bigues e teresonas

prostitutos guilhermes a rezar,

a benzer o sexo com pó nos olhos

e o sadismo das vergonhas por belezas

miseráveis confessas a setenta vezes,

eu a ter pena e a ter que perdoar.

 

Sete vezes setenta e a big entrou sem licença.

Outras tantas eu lhe disse muito a sério:

- Desaparece! Quem te deu a confiança

pra gritares, do sexo em lua tirando a voz?

Sei que há muita gente a abrir a porta

para uns tempos de masturbação,

mas, aqui, em minha casa, não!.

 

Em missa de vernáculo Brother Big,

O Brother é que poderá ser cristão

quando a Noite for de Natal

no encontro com o irmão.

Abrirei as portas de par em par

a quem nos media vier por bem

e no silêncio de ouro para ouvir

a mensagem proclamada em Belém.



publicado por alecrimdaserra às 01:07
link do texto | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


textos recentes

Natal em Crise

RUBRO DE CEREJA

O MENINO INFELIZ

NATAL A FAZER AMOR

SER DO TEMPO

EM BOA HORA

A VERMELHO

POR OUTRO CAMINHO

A VIDA CONTINUA

O NATAL DEPUTADO

arquivos

Junho 2006

favoritos

Alunos e professores do S...

O NATAL DEPUTADO

RUBRO DE CEREJA

links
Com a amizade do
subscrever feeds